quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Ao Bom Velhinho

Ao Bom Velhinho
Cardosofilho
Estimado Papai Noel:
          Chegou o momento de escrever-lhe a cartinha anual, pois o Natal está bem próximo, e espero que esta o encontre com saúde e bem-disposto. Teria muito a lhe contar, mas tentarei ser breve, pois sei que seu tempo é apertado para ler as cartas que lhe chegam e providenciar as encomendas. Além do mais, acredito que o Senhor sabe muito bem o que acontece aqui embaixo. Nada fácil, Papai Noel, igual ao ano passado, talvez pior, mas isso não é novidade, pois a Terra vive em confusão desde o começo.
          Creio que levei em boa decência este ano de 2016. Alguns, ou vários, pecados cometi, como é próprio da gente, mas, que me lembre, nenhum grave a ponto de fazer jus a algum castigo de sua parte, tipo desmerecer qualquer presente, mesmo que simples, barato, um livro, por exemplo, que já ficarei contente. Quer dizer, mais ou menos. Acontece, Papai Noel, que, apesar da idade, ando com uma ideia que não sei se é boa. É o seguinte: tenho pensado em ter um scooter, e se o Senhor não sabe do que se trata, explico logo: é uma motocicleta pequena, igual à Vespa ou à antiga Lambretta, das quais acho que o Senhor se lembra. Pois é. O scooter é automático, ou seja, não requer troca de marchas, bem facinho de dirigir, parece até brinquedo, roda bastante com um litro de gasolina e não é tão caro como motocicletas maiores. Não sei o que o Senhor acha da ideia, visto que minha idade tem avançado uma barbaridade nos últimos anos que nem acredito direito. Será verdade que o tempo está se acelerando, Papai Noel?
          Sei, porém, que o desejo acima descrito não cabe num pedido ao Papai Noel, ainda que se trate também de um brinquedo, só que de adulto, de modo que fica aqui apenas como registro. De verdade, digo de novo, me contentaria com bem menos, e, este ano, vou deixar por sua conta a escolha do meu presente. Para reforçar as informações sobre minha conduta em 2016, que termina daqui a pouco, repito que me esforcei para ser melhor ou, pelo menos, não piorar. Luta dura, Papai Noel, porque os desafios continuam enormes e confesso que tenho perdido a paciência com facilidade. Começa com o meu time de futebol, o Coritiba, que, entra ano e sai ano, dá desgosto e um suplício só. Sofrimento que parece não ter fim, e o Senhor sabe, suponho, que esse cai-não cai para a segunda divisão, repetido a cada ano, esgota o torcedor e aí ele xinga, porque sem xingar a raiva não sai da gente, e esse defeito em torcedor de futebol, ou outro esporte, acho que não tem cura. Faz parte dos nervos, entende, Papai Noel?
          Outra coisa que mexeu muito com minha paciência foi a política brasileira, e penso que o Céu precisa ajudar de uma vez para a gente sair do buraco. O Brasil, Papai Noel, como o Senhor está cansado de ver aí de cima, está na... na... e quase me escapa um palavrão, mas o Brasil está mesmo no palavrão que eu pensei e não disse, pelo enorme respeito que tenho pelo Senhor. Culpa sabe de quem, Papai Noel? Sabe, né? Pois é, além desses culpados, a maioria dos nossos deputados e senadores daria para pôr num saco amarrado e jogar no rio, que nem na maldade que faziam e ainda devem fazer com filhotinhos recém-nascidos de gatos. Alguns políticos são tão antigos na malandragem que já passaram do ponto de serem enviados para o buraco dos infernos, demora que, convenhamos, Papai Noel, é incompreensível. Será que a pintura dos cabelos e cirurgias plásticas dos pilantras estão enganando os responsáveis pelo serviço de coleta?
          Desculpe se escrevi demais, estimado Papai Noel. Vou encerrar já, pedindo-lhe que entregue a quem de direito nosso pedido de socorro, pois, do jeito que as coisas caminham por aqui, vamos acabar em grosseria feia, tipo pancadaria, coisa que, certamente, desagradaria a Nosso Senhor.
          Grande abraço, Papai Noel, deste guri antigo.

Dezembro de 2016.

           

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Com pesar, notificamos o falecimento, hoje, da poetisa e escritora CÉRES DE FERRANTE, membro da Academia Paranaense da Poesia,

Enviado: quarta-feira, 7 de dezembro de 2016 13:41
Para: Lilia Souza
Assunto: Nota de falecimento

Queridos confrades e amigos:
Com pesar, notificamos o falecimento, hoje, da poetisa e escritora CÉRES DE FERRANTE, membro da Academia Paranaense da Poesia, em que ocupava a cadeira poética de número 39, tendo como patrono Ilnah Secundino.
Filha de Hermínia Altheia de Ferrante e e de Salvador Ferrante (pioneiro de nosso Teatro Amador e patrono do Pequeno Auditório do Teatro Guaíra), Céres, profissionalmente, dedicou-se ao magistério.
Recebeu várias premiações no âmbito cultural e público. Colaborou com vários jornais e participou de antologias. Deixou alguns livros publicados, em prosa e verso.
Céres de Ferrante fez parte do quadro de várias entidades culturais, além da APPCentro de Letras do ParanáCentro Paranaense Feminino de Cultura (em que era vice-presidente); Academia Feminina de Letras do Paraná (ocupando a cadeira de número 34); Academia José de Alencar.
velório acontece no Cemitério Municipal, na Capela da Luz - número 2 - , a partir das 15 horas desta tarde.
O sepultamento está previsto para as 17 horas.

Rua Dona Honorina Valente, número 60 - Bairro São Francisco.
A Deus pedimos que receba em seus braços a querida confreira, concedendo-lhe o descanso eterno!
Saudações.
Lilia

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

No tempo das Aeromoças

hamilton bonat

10:11 (Há 1 hora)
para
Caras(os) amigas(os),
Tendo em vista o recente e chocante acidente que vitimou o time da Chapecoense, jornalistas e a tripulação do avião que os transportava para Medellin, na Colômbia, resolvi prestar-lhes pequena homenagem, reeditando a crônica "No tempo das Aeromoças".
Está no meu blog: www.bonat.com.br 
Espero que gostem. Um forte abraço. Bonat (Hamilton)

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

A Bela e a Fera -compre seu bilhete com o LIONS LD1


Parabéns!

Antes de ontem, homenageado por Carlos Queiroz Maranhão, recebi o Troféu Imprensa Brasil 2016, o Prêmio Cidade de Curitiba, e o Top of Mind Quality Gold. No meu artigo sobre o evento, comento sobre o Troféu Imprensa e explico como Maranhão e Sílvio Santos têm a franquia de um mesmo evento. A cerimônia foi muito bonita. Vejam, Dione Souto RosaIsabelle AguilarGuilherme ConfortinRubens Faria GonçalvesRossana Souto RosaMarion S. Da Rosa LemesFelipe BillMario Celso CunhaAnita Zippin e demais amigos. Com meus abraços.
PORTAL IZA ZILLI Iza Zilli Comendador Francisco Souto Neto Recebo o Prêmio Cidade de Curitiba, o Troféu Imprensa Brasil 201...
FSOUTONE.BLOGSPOT.COM|POR FRANCISCO SOUTO NETO

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

NOVOS MEMBROS DA ACADEMIA DE LETRAS JOSÉ DE ALENCAR E O LANÇAMENTO DA ANTOLOGIA DE BOLSO "INSPIRAÇÃO", por Francisco Souto Neto.

NOVOS MEMBROS DA ACADEMIA DE LETRAS JOSÉ DE ALENCAR E O LANÇAMENTO DA ANTOLOGIA DE BOLSO "INSPIRAÇÃO", por Francisco Souto Neto.

PORTAL IZA ZILLI
- O maior  Portal de comunicação social do Paraná -


Iza Zilli

Comendador Francisco Souto Neto

Novos membros da Academia de Letras José de Alencar e o lançamento da antologia de bolso “Inspiração”

Francisco Souto Neto

Em 22 do corrente realizou-se uma sessão solene na Academia de Letras José de Alencar, presidida por Anita Zippin, comemorativa aos 77 anos de existência daquela instituição, com o ingresso de associados nas categorias Titulares, Efetivos e Correspondentes, realizada no Palacete dos Leões.

Os novos sócios efetivos, todos indicados e apresentados pela presidenta Anita Zippin, são Noilves Araldi, Rubens Faria Gonçalves e Vera Rauta. Os sócios titulares são Cibele Cristina Freitas de Resende, Dione Mara Souto da Rosa, Rosana Andriguetto de Carvalho, Luiz Fernando de Queiroz e Alberto Silva Gomes. Na categoria de sócio correspondente, Ledir Marques Pedrosa, de Campo Grande, MS. 

O Palacete dos Leões, onde ocorreu a solenidade, é o belíssimo prédio histórico onde funciona o Centro Cultural BRDE, franqueado à Academia para que ali sejam realizadas as suas reuniões e festividades.

Ao início das solenidades, foi empossada a nova diretoria para o biênio 2017/2018, constituída pelos acadêmicos Anita Zippin (presidenta), Arioswaldo Trancoso Cruz (vice-presidente), Celso de Macedo Portugal (secretário geral), Francisco Souto Neto (2º secretário), Janske Niemann Schlenker (1ª tesoureira), Vera Rauta (2ª tesoureira), João Carlos Bonat (diretor de arte e design), Lílian Deise Guinski (diretora de animação), Luiz Fernando Queiroz (diretor de editoração), Hamilton Bonat (diretor de assuntos externos), Tânia Rosa Ferreira Cascaes (diretora sócio-cultural), João Carlos Cascaes (diretor de mídia eletrônica), Joatan Marcos de Carvalho (1º orador) e Alberto Gomes (2º orador). 

Uma moção de júbilo foi entregue à presidenta Anita Zippin por seu proponente, o acadêmico João Carlos Bonat, pelos motivos exaltados em sensível discurso pelo presidente de honra Prof. Arioswaldo Trancoso Cruz. 

Entre um e outro quadro, apresentou-se o saxofonista Wilde Pereira Dias.

Como último tema tratado na reunião magna, Anita Zippin fez o lançamento oficial do Volume 1 da Antologia de Bolso da Academia de Letras José de Alencar, que leva o título de “Inspiração”. Ao mesmo tempo, enalteceu o empenho do acadêmico Luiz Fernando de Queiroz, presidente da Editora Bonijuris, que tornou realidade este projeto.

A coleção, que terá dez pequenos volumes para leitura rápida, organizada por Anita Zippin e Joatan Marcos de Carvalho, começou com uma sugestão do citado editor Luiz Fernando de Queiroz que, ars gratia artis, realizou uma tiragem de 12 mil exemplares do Volume 1 que tem “Inspiração” como tema, desenvolvido em prosa e poesia por dez membros da Academia de Letras José de Alencar, de Curitiba: Anita Zippin, Ariadne Zippin, Arioswaldo Trancoso Cruz, Celso de Macedo Portugal, Dione Mara Souto da Rosa, Francisco Souto Neto, Hamilton Bonat, Joatan Marcos de Carvalho, Rosana Andriguetto e Tânia Cascaes.

Essa Antologia de Bolso será distribuída gratuitamente em lugares públicos como, por exemplo, no interior de ônibus, e nos mais diversos locais. O propósito é o de levar as letras e o estímulo à leitura às várias camadas da população.

O Volume 1 da Antologia de Bolso contou com o apoio técnico de Dulce de Queiroz Piacentini na revisão, Jéssica Regina Petersen na produção gráfica, de Rubens Faria Gonçalves – membro da Academia – na foto de uma tela de A. Wainer e na criação da capa, e da Nexo Design na diagramação.

O leitor que quiser conhecer o Volume 1 da Antologia de Bolso, encontrará a totalidade do seu conteúdo no seguinte link:


O vice-presidente Arioswaldo Trancoso Cruz encerrou a solenidade, convidando os presentes a um coquetel no salão contíguo, servido pela Pani em Casa.

Adiante, as fotografias da solenidade, culminando com algumas do coquetel.


FOTO 1 – O CONVITE PARA A SESSÃO SOLENE COMEMORATIVA AO 77º ANIVERSÁRIO DA ACADEMIA DE LETRAS JOSÉ DE ALENCAR, E OS NOMES DOS NOVOS ACADÊMICOS. ESTE MODELO DE CONVITE FOI CRIADO PELO ACADÊMICO JOÃO CARLOS BONAT. 


FOTO 2 – ACIMA, LUIZ FERNANDO DE QUEIROZ, IDEALIZADOR E EDITOR DA ANTOLOGIA DE BOLSO DA ACADEMIA. FOTO ENCONTRADA NA INTERNET.



FOTO 3 – ALBERTO GOMES CONVERSANDO COM DIONE MARA SOUTO DA ROSA E RUBENS FARIA GONÇALVES. FOTO SOUTO NETO.



FOTO 4 – O ACADÊMICO JOÃO CARLOS CASCAES, DA DIRETORIA DA ALJA, QUEM FAZ A FILMAGEM DA SOLENIDADE. FOTO SOUTO NETO.



FOTO 5 – NORMA BONAT E O MARIDO HAMILTON BONAT. ENTRE AMBOS, A ACADÊMICA WALDEREZ. NA FILA DE TRÁS, CELSO PORTUGAL E ESPOSA. FOTO SOUTO NETO.



FOTO 6 – ADRIANO SIQUEIRA, DIONE MARA SOUTO DA ROSA E RUBENS FARIA GONÇALVES. ATRÁS, HAMILTON BONAT. FOTO SOUTO NETO.



FOTO 7 – ISABELLE AGUILAR E GUILHERME CONFORTIN. FOTO SOUTO NETO.


FOTO 8 – NOILVES ARALDI, DIONE MARA SOUTO DA ROSA E RUBENS FARIA GONÇALVES. FOTO SOUTO NETO.



FOTO 9 – NOILVES ARALDI, DIONE MARA SOUTO DA ROSA E RUBENS FARIA GONÇALVES. FOTO ADRIANO SIQUEIRA.



FOTO 10 – NOILVES ARALDI, DIONE MARA SOUTO DA ROSA E RUBENS FARIA GONÇALVES. EMERGINDO ATRÁS DO RUBENS, O VAMPIRO DRÁCULA? NÃO, É O ACADÊMICO FRANCISCO SOUTO NETO. FOTO ADRIANO SIQUEIRA. 


FOTO 11 - SANDRA MOREIRA, ALEXANDRE DO VALLE E ANITA ZIPPIN.



FOTO 12 – A PLATEIA. EM PRIMEIRO PLANO, ROSANA ANDRIGUETTO. NA SEGUNDA FILA, O POETA MAMED ZAUITER. NA TERCEIRA FILA, LÍLIAN GUINSKI. NA QUARTA FILA, FRANCISCO SOUTO NETO, ISABELLE AGUILAR E GUILHERME CONFORTIN. FOTO ADRIANO SIQUEIRA.



FOTO 13 – HAMILTON BONAT, ANITA ZIPPIN, ARIOSWALDO TRANCOSO CRUZ E ALBERTO GOMES. FOTO ADRIANO SIQUEIRA.



FOTO 14 – CHARYANA GAMBALLE CORREIA ENTRE SUA MÃE E ANITA ZIPPIN. FOTO ADRIANO SIQUEIRA.


FOTO 15 – INÍCIO DAS SOLENIDADES. DA ESQUERDA PARA A DIREITA: WILDE PEREIRA DIAS, ANITA ZIPPIN, JOATAN CARVALHO, ARIOSWALDO TRANCOSO CRUZ, ANA TEREZINHA, CELSO PORTUGAL E PAULO BITTENCOURT. FOTO ADRIANO SIQUEIRA.


FOTO 16 – VERA RAUTA COM SEU MARIDO. FOTO ADRIANO SIQUEIRA.



FOTO 17 – O DISCURSO DE DIONE MARA SOUTO DA ROSA. FOTO ISABELLE AGUILAR. 

FOTO 18 – ENCERRANDO SEU DISCURSO, DIONE MARA SOUTO DA ROSA RECEBE OS CUMPRIMENTOS DE ANITA ZIPPIN. FOTO ADRIANO SIQUEIRA.



FOTO 19 – FRANCISCO SOUTO NETO COLOCANDO A TOGA NOS OMBROS DE DIONE MARA SOUTO DA ROSA. FOTO ISABELLE AGUILAR.



FOTO 20 – FRANCISCO SOUTO NETO COM DIONE MARA SOUTO DA ROSA QUE SEGURA O SEU DIPLOMA DE MEMBRO DA ACADEMIA DE LETRAS JOSÉ DE ALENCAR. FOTO ADRIANO SIQUEIRA.


FOTO 20-A – FRANCISCO SOUTO NETO COM DIONE MARA SOUTO DA ROSA QUE SEGURA O SEU DIPLOMA DE MEMBRO DA ACADEMIA DE LETRAS JOSÉ DE ALENCAR. FOTO ADRIANO SIQUEIRA.



FOTO 21  ANITA ZIPPIN COMANDANDO O CERIMÔNIA. FOTO ADRIANO SIQUEIRA.


FOTO 22 – FRANCISCO SOUTO NETO COLOCANDO A TOGA NOS OMBROS DE RUBENS FARIA GONÇALVES. FOTO ISABELLE AGUILAR.



FOTO 23 – FRANCISCO SOUTO NETO COM RUBENS FARIA GONÇALVES QUE SEGURA O SEU DIPLOMA DE MEMBRO DA ACADEMIA DE LETRAS JOSÉ DE ALENCAR. FOTO ADRIANO SIQUEIRA.




FOTO 25 – RUBENS FARIA GONÇALVES OUVINDO A LEITURA DO SEU CURRÍCULO. FOTO ISABELLE AGUILAR. 

FOTO 25 - O DISCURSO DE ALBERTO GOMES.


FOTO 26 – NOILVES ARALDI COM SEU DIPLOMA, ENTRE SEUS FILHOS. FOTO ADRIANO SIQUEIRA. 



FOTO 27 – RUBENS FARIA GONÇALVES, DIONE MARA SOUTO DA ROSA E NOILVES ARALDI SENTADOS, APRECIANDO A CERIMÔNIA. FOTO ISABELLE AGUILAR.



FOTO 28 – FRANCISCO SOUTO NETO RECEBE O DIPLOMA EM NOME DE SUA PRIMA LEDIR MARQUES PEDROSA, SÓCIA CORRESPONDENTE DE CAMPO GRANDE, MS. FOTO ADRIANO SIQUEIRA.



FOTO 29 – TÂNIA ROSA FERREIRA CASCAES, ALBERTO GOMES (QUE RECEBE SEU DIPLOMA DE SÓCIO EFETIVO), JOATAN CARVALHO E ARIOSWALDO TRANCOSO CRUZ . FOTO ADRIANO SIQUEIRA.


FOTO 30 – CIBELE RESENDE RECEBE SEU DIPLOMA DE SÓCIA TITULAR DAS MÃOS DE ANITA ZIPPIN. FOTO ADRIANO SIQUEIRA.



FOTO 31 – ROSANA ANDRIGUETTO RECEBE SEU DIPLOMA DE SÓCIA TITULAR DAS MÃOS DE SEU MARIDO JOATAN DE CARVALHO. FOTO ADRIANO SIQUEIRA.



FOTO 32 – HAMILTON BONAT RECEBE O TROFÉU INSPIRAÇÃO.


FOTO 33 – ARIADNE ZIPPIN LORENZET RECEBE OS CUMPRIMENTOS DE SHARYANA GAMBALLE CORREIA. FOTO ADRIANO SIQUEIRA.





FOTO 34 - DIONE MARA SOUTO DA ROSA COM SEU DIPLOMA, APLAUDIDA POR RUBENS FARIA GONÇALVES. FOTO ADRIANO SIQUEIRA.



FOTO 35 - WILDE PEREIRA DIAS AO SAXOFONE. FOTO ADRIANO SIQUEIRA.



FOTO 36 – ANITA ZIPPIN ENCERRA A SESSÃO, FALANDO SOBRE A ANTOLOGIA DE BOLSO, DA ACADEMIA DE LETRAS JOSÉ DE ALENCAR. FOTO ADRIANO SIQUEIRA.



FOTO 37 – ARIADNE ZIPPIN, PROPRIETÁRIA DA PANI EM CASA, QUEM PREPARA O COQUETEL PARA OS CONVIDADOS. FOTO ADRIANO SIQUEIRA.



FOTO 38 – DURANTE O COQUETEL. GUILHERME CONFORTIN SERVINDO-SE. FOTO SOUTO NETO.


FOTO 39 – RUBENS FARIA GONÇALVES DURANTE O COQUETEL. FOTO RUBENS FARIA GONÇALVES.


FOTO 40 – FINAL DE FESTA: ANITA ZIPPIN ENTRE FRANCISCO SOUTO NETO E RUBENS FARIA GONÇALVES. FOTO GERALDO FUCHS.



FOTO 41 – FINAL DE FESTA: ANITA ZIPPIN ENTRE FRANCISCO SOUTO NETO E RUBENS FARIA GONÇALVES. FOTO GERALDO FUCHS.



FOTO 42 – FRANCISCO SOUTO NETO E RUBENS FARIA GONÇALVES NO FINAL DA FESTA. FOTO GERALDO FUCHS.



FOTO 43 – RUBENS FARIA GONÇALVES SAINDO DO PALACETE DOS LEÕES, AINDA USANDO A SUA TOGA DE ACADÊMICO. FOTO SOUTO NETO.